Faria de Vasconcelos

Cidade de Castelo Branco

Nuno Álvares

Total

Lista A

33

17

127

177

(18,0%)

Lista C

36

101

230

367

(37,2%)

Lista M

68

131

243

442

(44,8%)

Votos Nulos

1

7

15

23

Votos Brancos

0

4

17

21


Como nenhuma das listas obteve maioria absoluta, a 2ª volta das eleições realizar-se-á dia 21 de novembro, sendo concorrentes as listas C e M.

 

 

Faria de Vasconcelos

Cidade de Castelo Branco

Nuno Álvares

Total

Lista C

51

111

302

464

(48,1%)

Lista M

82

145

273

500

(51,9%)

Votos Nulos

0

0

27

27

Votos Brancos

4

3

20

27

 

A convite das Bibliotecas Escolares, o escritor de literatura infanto-juvenil Nuno Matos Valente esteve nas escolas do Agrupamento Nuno Álvares, nos dias 22 e 23 de outubro, mês das Bibliotecas Escolares, com o intuito de promover a leitura e o  gosto pelos livros.   

Com a sua vinda, pretendeu- se ainda divulgar a obra escolhida para a 1ª fase do Concurso Nacional de Leitura -fase escolar-, no 3º ciclo, A ordem do poço do inferno, de forma a cativar os alunos para a participação neste concurso.

 No dia 23, na Escola Secundária Nuno Álvares, o escritor explicou aos alunos como se fazia um escritor mas também como nasciam os seus livros, em particular a obra sugerida para o concurso. Foi com entusiasmo que os alunos ouviram falaram de geocaching, de tesouros escondidos,  e perceberam que as aventuras do livro se passavam no mosteiro de Alcobaça, monumento de importância histórica para Portugal. Entusiasmante foi também para o escritor partilhar as suas memórias, pois frequentou o “liceu” Nuno Álvares e, sendo albicastrense, muitas vezes transporta para as suas narrativas os espaços da sua infância e juventude. Foi num ambiente de cumplicidade que alunos e escritor trocaram impressões sobre o livro, as personagens e as suas aventuras, ficando o incentivo à leitura à escrita recreativa.

Enfermeiros da Unidade Local de Saúde acederam ao convite do grupo de 2.º ano de escolaridade do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares a fim de se assinalar o dia 16 de outubro, Dia Mundial da Alimentação, com uma palestra alusiva.

Tema recorrente e sempre atual, a alimentação reveste-se de particular importância qualquer a idade que se tome em linha de conta. No caso vertente, desde muito cedo, as crianças devem estar sensíveis a questões tão pertinentes como as práticas pouco saudáveis que fazem parte do quotidiano e, sobretudo, à forma de inverter esta situação.

Partindo de um conjunto de atividades interativas, as crianças de 2.º ano de todas as escolas do Agrupamento participaram na ação de esclarecimento, colocaram questões e apresentaram os seus pontos de vista. Houve ainda lugar para outras atividades como a prova de fruta da época, trazida pelos alunos em cesta construída pelos mesmos, segundo o mote: ”Fruta da época é a escolha certa”. O destaque dado à fruta foi acompanhado pela realização de quadras / ementa saudável e entoação de canções.