Combate ao Estigma da Perturbação Mental, com a colaboração do GAAF (Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família) do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares

 

Nos dias 24, 31 de janeiro e 7 de fevereiro realizaram-se três workshops de sensibilização sobre o tema: “Combate ao Estigma da Perturbação Mental”, desenvolvidos por uma equipa de jovens estudantes e/ou recém-graduados/as voluntários/as da área da psicologia, equipa de Impacto Social (Social Impact Initiative Team) da Federação Europeia de Associações de Estudantes de Psicologia (EFPSA), na qual se realça Portugal como um dos 27 países da Europa envolvidos na organização desta campanha, que se encontra já na terceira edição, com a colaboração do GAAF (Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família) do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares.

Estes workshops destinaram-se aos Diretores de Turma e tiveram por objetivo, através de uma sessão prática com uma breve componente teórica, esclarecer a comunidade docente de algumas representações associadas à doença mental e capacitá-la na flexibilização de novas perspetivas na abordagem a estas questões. Para tal, as sessões foram eminentemente dinâmicas e integraram a análise de material audiovisual e promoção de discussões interativas, pela partilha de experiências e troca de ideias. Os temas abordados foram a depressão, as perturbações de ansiedade infantil e juvenil e o autismo. Por fim, os elementos do GAAF transmitiram as técnicas de intervenção psicológica com os alunos que apresentam estas problemáticas, como ainda atitudes motivacionais e facilitadoras das relações interpessoais saudáveis.

Realça-se que todos os conteúdos programáticos foram empiricamente revistos por profissionais da área.

Dia 16 de fevereiro, os alunos do 3º B da Escola Básica da Senhora da Piedade foram visitar a Rádio Castelo Branco como forma de assinalar o dia Mundial da Rádio.

Para a preparação desta visita os alunos fizeram uma investigação sobre o papel da rádio ao longo dos anos. Constataram que é o meio de comunicação social que mais audiências atinge, o mais credível para a população e aquele que nos acompanha mais horas, pois acordamos e viajámos com ela para todo o lado. Por fim, não podemos esquecer o papel importante que ela tem para todos os portugueses. Foi através da rádio que se deu início ao golpe de estado que nos proporcionou um novo regime político A Democracia.

O nosso muito obrigada por nos receberem, nos deixarem ler alguns dos nossos trabalhos e até cantar o nosso Hino.

O ano de 2018 começou e o grupo de 1.º ano de escolaridade do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares não deixou passar a oportunidade de desejar, com vigor, um novo ano próspero aos membros da Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Castelo Branco, bem como à Direção deste Agrupamento de Escolas.

Pela manhã, as crianças das várias turmas prepararam as suas cestinhas, xailes e boinas e rumaram em direção ao centro da cidade, indo ao encontro dos colegas que, em conjunto, proporcionaram um momento de coro, bem afinado, às entidades visadas.

O regresso foi de boa disposição e os doces recebidos coroaram a ocasião de quem entoou com aprumo:

            “Aqui estamos nós, todos reunidos,

            Cantando as janeiras aos nossos amigos,

            Sem nenhum interesse e muita Amizade

            Cantando as janeiras à sociedade”.