A 20 de março comemorou-se o Dia Mundial da Saúde Oral, uma iniciativa da World Dental Federation. No dia 21 de março, os alunos da turma de 10.º ano do Curso Profissional de Saúde da ESNA deslocaram-se à EB1 da Sr.ª da Piedade, onde sensibilizaram os alunos de 1.º ano para a importância da saúde oral. Numa manhã bastante animada, os mais novos realizaram algumas atividades lúdico-pedagógicas e aprenderam como fazer uma boa higiene oral.

Foram ainda distribuídas escovas de dentes e amostras de pasta dentífrica, juntamente com alguns folhetos informativos, gentilmente cedidos pela Clínica VerCrescer e pelo Centro de Saúde de S. Tiago. 

Noventa por cento da população mundial está em risco de algum tipo de distúrbio a nível oral, desde lesões de cárie, doenças periodontais, a cancro oral. A nível da população infantil e juvenil, as doenças orais constituem um dos principais problemas de saúde.

A comemoração desta efeméride é uma excelente oportunidade para sensibilizar, motivar e estimular a manutenção da saúde oral durante a vida com os hábitos corretos de higiene oral, alimentação e vigilância adequada. Uma boca saudável é fundamental para a saúde em geral.

No âmbito da disciplina de Espanhol, com a colaboração de CEA, decorreu nas escolas do agrupamento a exposição de alguns dos trabalhos apresentados pelos alunos ao concurso “Pinta Tu España”. Cada participante produziu um cartaz que ilustra o tema “Un viaje cultural a España”, com base na imagem que tem sobre o país vizinho.

Depois de um primeiro concurso a nível interno, os trabalhos selecionados seguiram para a Embaixada de Espanha, onde serão submetidos à avaliação do júri, composto por um elemento da família Pilar Moreno, pelo Conselheiro da Educação da Embaixada de Espanha, por um representante do Ministério da Educação e Ciência, por um elemento da APPELE, um representante do Instituto Miguel de Cervantes, dois professores do Instituto Español Giner de los Ríos e pela Assessora Técnica da Consejería de Educación da Embaixada de Espanha.

No dia 23 de fevereiro, alunos das turmas 1.º e 3.º  B, da Escola Senhora da Piedade foram ao Cine-Teatro Avenida, para assistirem a uma das “Histórias Magnéticas”, intitulada “Não se deixem enganar!”.

Uma história musicada por Sérgio Pelágio e narrada por Isabel Gaivão, a qual retrata as vivências de uma criança que viveu a evolução do fascismo para a democracia em Portugal. Refere o terror, o medo, a pobreza cultural e económica de se viver numa ditadura e a celebração do 25 de abril, denominada de primavera da liberdade.

«Uma homenagem à geração de pais e mães nascidos nos anos 30 do século XX que, sem procurarem um lugar na história, protagonismo político ou de qualquer outra espécie, nunca se resignaram, arriscaram a vida, passaram pela prisão, exilaram-se e foram perseguidos para que nós possamos viver hoje num país melhor. Sem nunca esquecermos que, hoje como ontem, é preciso estar atento às marés!»

Os alunos tiveram contato com imagens que retratavam esse período da nossa história, colocaram questões e foram convidados a retratar, em papel cenário, esse mesmo período: antes e pós 25 de abril.

Foi uma atividade muito enriquecedora que influenciará estes alunos a preservarem as marés da liberdade.

No dia 14 de fevereiro, a Escola Cidade de Castelo Branco deu cor ao dia dos afetos, conhecido como dia de S. Valentim.

Os alunos dos 2.º e 3.º ciclos, de forma criativa e emotiva, valorizaram  a importância dos afetos, em coloridos postais, com recurso às Línguas Portuguesa e Inglesa. A exposição desses postais, na entrada do bloco B, despertou a curiosidade  de toda a comunidade escolar e a interpretação da mensagem a ser transmitida.  

Os alunos do pré -escolar e dos 1..º e 2º ciclos da CCB e Boa Esperança foram também convidados a aprender a valorizar os afetos, com a apresentação online assíncrona da história: “De que cor é um beijinho”, com recurso à ferramenta Screencastify apresentada pela professora Célia. Como verdadeiros artistas, foram desafiados a expressaram-se criando padrões e cores, ao concluir a atividade: “Um beijinho multicolor”.

Os afetos podem ter a cor que cada um sentir e quiser!