netGIAE

Provas Finais, Exames Nacionais

Cursos Profissionais

 

 

O professor Paulo Serra, do agrupamento de escolas Nuno Álvares, escola associada do Estabelecimento Prisional de Castelo Branco, e a docente Ângela Oliveira, da Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico da mesma cidade, integraram uma missão ERASMUS+, de 27 de fevereiro a 01 de março de 2024, ao Centro Educativo EPAPU Nelson Mandela, localizada no estabelecimento prisional de A Lama, em Vigo, Espanha, como professores especialistas na área das Tecnologias Educativas.

No primeiro dia, foi apresentada a escola e os módulos educativos do estabelecimento, o tipo de alunos e os recursos existentes. Foi, ainda, proporcionada uma formação em Inteligência Artificial na educação, em conjunto com os docentes da EPAPU.

Nos segundo e terceiro dias da visita, foram realizadas atividades de formação a alunos e professores, apresentando diversas metodologias e estratégias do uso da tecnologia interativa em sala de aula, com e sem recurso à Internet. O seu principal objetivo foi incentivar a criação de recursos educativos dinâmicos e o uso seguro das tecnologias, para fomentar a inclusão nos diferentes níveis de aprendizagem.

Esta experiência foi, como referem os docentes, extremamente enriquecedora, deixando a possibilidade de colaboração futura, nas áreas de formação e produção de conteúdos.

Neste sentido, prevê-se a realização de um projeto piloto, dinamizado pelos docentes Ângela Oliveira e Paulo Serra, no desenvolvimento de conteúdos interativos a serem testados em ambiente prisional.

 

 

 

Resultados por Escolas: Físico-Química 9.º ano – VICE- CAMPEÃ NACIONAL

Resultados por Equipas: 2.º e 5.º lugares nacionais


O Agrupamento de Escolas Nuno Álvares, com as turmas 9.º B, 9.º C, 9.º D e 9.º E da Escola Cidade de Castelo Branco, alcançou resultados brilhantes nas Competições Nacionais de Ciência (CNC) em Rede na prova fisQ 9.

A nível de grupo escola, as equipas do Agrupamento obtiveram a nível nacional a segunda melhor pontuação, o que se traduziu no 2.º lugar nacional. A pontuação de uma escola é o somatório dos pontos obtidos por todas as equipas da escola. Assim, todos os alunos participantes estão de parabéns, uma vez que o seu desempenho contribuiu para a vitória do Agrupamento, numa prova em que se avaliaram conhecimentos do 7.º, 8.º e 9.º anos de escolaridade.

A nível da participação por equipas, os alunos Matilde Esteves e Beatriz Ramos (2.º lugar nacional) e João Pereira e Duarte Cajado (5.º lugar nacional), estão especialmente de parabéns.

O agrupamento alçancou, ainda, com as mesmas turmas, o 6.º lugar nacional na competição CIVITAS, onde há a destacar a participação das alunas Rita Rainho e Inês Roque que alcançaram o 6.º lugar nacional.

A participação dos alunos foi coordenada pela professora Florinda Carrega.

As provas realizaram-se entre 19 e 23 de fevereiro, tendo como objetivo basilar ajudar a combater o insucesso escolar e promover o uso das tecnologias digitais. Estas provas envolveram alunos dos distritos de Coimbra, Porto, Aveiro, Lisboa, Setúbal, Vila Real e da Região Autónoma da Madeira.

As CNC não se restringem aos dias de competição, mas representam um trabalho contínuo entre professores e alunos. Na realidade, estas competições iniciam-se com a disponibilização dos treinos no início do ano letivo, na Plataforma de Ensino Assistido.

Os alunos que frequentam o Clube da Partilha associaram-se a atividade dos professores de História da C.C.B. 
e visitaram o Museu Cargaleiro, no dia 28 de fevereiro. Nesta visita, estiveram a acompanhar
os alunos as professoras Dolores Fidalgo, Ana Luísa Pinho, Ana Diva Gonçalves, Joaquim Almeida e Dimitri.

Assim, alunos das turmas do 9E e 9F puderam conhecer toda a obra de Manuel Cargaleiro,
tendo apreciado a imensa e variada coleção deste artista e colecionador de Arte.

Evento realizado em Ermesinde reúne professores em torno da inovação educativa e colaboração tecnológica

O Agrupamento de Escolas Nuno Álvares teve o privilégio de participar no 6.º encontro de Ninjas Apps for Good, realizado nas instalações da REN, em Ermesinde. Este evento contou com a ilustre presença de Carla Lourenço, da Direção Geral da Educação, e Emma Posey, do Apps for Good UK.

O Grupo NINJA, composto por 26 professores, a nível nacional, que já implementaram o programa Apps for Good nas suas escolas, tem sido um motor de inovação e colaboração na área da educação. O seu forte envolvimento e contributo têm sido fundamentais para o sucesso e a evolução deste programa educativo tecnológico. Entre estes, destacam-se professores como Paulo Jorge Serra, docente de informática, que tem sido uma referência na implementação deste programa.

O encontro proporcionou diferentes momentos, desde palestras sobre Inteligência Artificial no Ensino, até workshops práticos, com o objetivo de proporcionar novas experiências aos professores e promover o trabalho colaborativo entre os mesmos.

Este encontro foi mais uma prova do compromisso dos professores portugueses com a inovação e a melhoria da qualidade do ensino. Através do trabalho colaborativo e da partilha de conhecimento, é possível transformar a educação e preparar os alunos para os desafios do futuro.

Reportagem vídeo

https://www.youtube.com/watch?v=XpSvz8kDxRc

Na semana que antecedeu o dia dos namorados (14 de fevereiro), o Clube da Partilha teve, para venda,  
na biblioteca da Escola Secundária Nuno Álvares, alguns produtos alusivos ao dia de S. Valentim.
Estes produtos foram realizados pelos alunos do nosso clube com o objetivo de ajudar famílias carenciadas da nossa comunidade escolar.