Somos alunos do 8.º ano da Escola Cidade de Castelo Branco e visitámos Belém, em Lisboa, nos dias 22 e 30 de janeiro.

À ida, dialogámos acerca das centrais hidroelétricas do Fratel e de Belver, ali ao lado da A23, e da central do Pego, pois o nosso destino era a Central Tejo, no MAAT.

Esta central termoelétrica foi pioneira na produção de eletricidade, em Lisboa. Aprendemos muito sobre a produção desta energia, a partir de diferentes fontes.

Ao almoço, entre pombos e gaivotas, saboreámos os centenários pastéis de Belém e as comidas da moda no McDonald e no Starbucks.

À tarde, por entre os pingos da chuva, admirámos as palmeiras petrificadas dos Jerónimos, o estilo modernista do CCB, o Padrão dos nossos descobridores a entrar nas águas do Tejo e ainda demos um salto à Torre que guardava Belém e Lisboa, decorada com cordas, cruzes e grãos de pimenta.

Vivemos bons momentos de convívio e sabedoria.