No decorrer da semana da leitura, no âmbito do Projeto "Todos juntos podemos ler", realizou-se uma sessão com a mediadora de leitura Andreia Brites. A atividade decorreu na Biblioteca Egas Moniz no dia 29 de março, pelas 11:35, e participaram não só os alunos estrangeiros envolvidos no projeto, mas também a turma de 10.º ano do curso de TAS e a turma de 11.º ano de Literatura Portuguesa. Todos os alunos foram envolvidos de forma dinâmica na atividade, facto que parece ter sido do agrado de todos. Logo no início, foi-lhes pedido que se apresentassem, dizendo o nome, o país de origem e a língua usada em casa para comunicação com a família. Da lista de países de origem dos alunos ou dos seus progenitores ou mesmo dos países onde alguns residiram anteriormente, fazem parte os seguintes: Angola, Congo, Brasil, Espanha, França, Ucrânia, Síria, Turquia, Índia e Paquistão. Durante a sessão, a mediadora também questionou os alunos sobre as dificuldades sentidas com a leitura em língua portuguesa e ficou claro que, para os alunos provenientes do Brasil, as diferenças existentes entre o Português do Brasil e o Português Europeu representam um desafio e dificultam a compreensão da língua escrita e falada. 

Nesta sessão contou-se com a presença do professor Pedro Rafael, Coordenador da Rede de Bibliotecas Escolares e de vários professores que colaboram semanalmente em atividades dinamizadas na Biblioteca Escolar / Centro de Recursos.

Foi mais uma sessão dinamizada com o intuito de fazer do Português uma língua de união, contribuindo para a integração harmoniosa dos alunos na comunidade escolar, preservando sempre e valorizando as suas culturas de origem.