Como já é tradição, comemorou-se, no dia 18 de novembro, na Escola Cidade de Castelo Branco, o Dia dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), conhecido na comunidade científica internacional como GIS Day. Os alunos do Clube Europeu, realizaram várias atividades que incluíram a utilização do GPS para encontrar as coordenadas geográficas de vários lugares dentro do espaço escolar e a sua posterior georreferenciação no Google Earth e, ainda a exploração da página da ESRI dedicada ao GISDay. Aqui foi possível, aos alunos, conhecerem a história do GIS Day e tomarem consciência de vários exemplos onde os SIG têm sido fundamentais, como por exemplo na monitorização das inundações costeiras e das alterações climáticas. No final, os alunos partilharam com os seus pares, os conhecimentos adquiridos. De salientar que todo este trabalho foi desenvolvido no SmartSpace, Ambiente Educativo Inovador que desde 2016 está a ser implementado, na Escola Cidade de Castelo Branco.

O GIS Day integra-se na Semana da Consciência Geográfica que decorreu de 16 a 20 de novembro e ao longo da qual, a ESRI Portugal proporcionou vários Webinars, destinados a professores e profissionais que se quiseram associar.

Este ano, a celebração assume maior importância não só para os geógrafos, mas também para a população em geral, pois são todas as ferramentas e técnicas no seu trabalho, e as tecnologias geográficas, onde incluímos os SIG, Sensores Remotos, Sistemas de Posicionamento Global (GPS) e o mapeamento online como o Google Earth que estão a desempenhar um papel importantíssimo na luta contra o vírus SARS-CoV-2, o qual causa a enfermidade COVID-19. Todos nós, quando observamos a distribuição de casos e a sua evolução beneficiamos destas aplicações que reúnem informação de múltiplas fontes de dados e que só os SIG conseguem analisar e mapear.