No dia 1 de novembro, em todo o país celebra-se o “Dia de todos os Santos”, também conhecido como “Dia do Bolinho”, pois muitas pessoas fazem bolinhos para oferecer.

Este dia ganhou força em 1755/1756, ano do terramoto que devastou Lisboa, porque era dia 1 de novembro e porque as pessoas iam de porta em porta a pedir esmola, nem que fosse pão, pois a pobreza era tanta que para algumas famílias não havia comida. Esta tradição tem o nome de “Pão de Deus” ou “Santorinho”.

Esta e outras tradições, tais como os afilhados receberem o Santorinho dos padrinhos e as pessoas porem flores aos entes queridos falecidos, tornaram-se famosas por todo o país.

Todas as tradições e costumes do “Dia de todos os Santos” continuam vivas e relacionadas aos defuntos.

Clube de Jornalismo CCB