No dia 24 de abril realizou-se mais uma atividade intergeracional do projeto "Aprender com Afetos".

Desta vez os utentes do Centro Social Dr. Adriano Godinho vieram à nossa escola lembrar o 25 de abril de 74. Este reencontro teve como objetivo partilhar memórias deste facto histórico tão marcante para o povo português. Os utentes foram recebidos no nosso ginásio onde juntos visualizamos um filme “25 de abril, a revolução dos cravos”, e de seguida ouvimos as músicas “E depois do adeus” de Paulo de Carvalho” e “Grândola Vila Morena “ de Zeca Afonso. Posteriormente houve os testemunhos da vivência do 25 de abril de 1974, do senhor Francisco Belo Pires militar, da senhora Maria de Jesus Jorge professora no ultramar e esposa de um militar já falecido, o senhor José Pires da Ribeira enfermeiro, e a senhora Maria Cesaltina mãe de um jovem militar. Os intervenientes que relataram este momento histórico, e o como cada um viveu este dia e os dias e meses seguintes, todos de diferente forma mas todas elas muito ricas de conhecimento. Emocionaram-se e emocionamo-nos com as suas memórias.

Com estes conhecimentos que nos transmitiram, com os que aprendemos dos livros e os que nos transmitem na escola, vamos construindo saberes.

A liberdade, a palavra mais mencionada em todos os relatos sobre o 25 de abril reveste-se de uma importância inquestionável contudo não é o facto de haver liberdade, de poder dizer tudo o que queremos que nos faz livres. Somos livres quando temos o conhecimento que nos permite decidir o que queremos para a nossa vida. São estas partilhas de saberes com aqueles que sabem pela experiência direta, que nos vão tornar adultos mais humanos, tolerantes e sábios, capazes de fazer face às mudanças, fruta da evolução constante que caracteriza o mundo em que vivemos.

Obrigada a todos, é sempre um prazer estar com vocês.