No âmbito das práticas do projeto europeu inGenious, todas as turmas de 9º ano da Escola Cidade de Castelo Branco, nas aulas de Geografia, realizaram um debate com o tema centrado na energia. Em cada turma formaram-se dois grupos: o primeiro, cujo cenário a defender era intitulado “Cada um por si”, consistia na ideia fundamental de que o crescimento económico é mais importante que a preservação ambiental; nesta perspetiva, cada país deve preocupar-se em assegurar o seu próprio abastecimento energético e as suas reservas de energia, não se preocupando para tal com as consequências ambientais provenientes do uso e exploração dos recursos não renováveis. O segundo cenário intitulado “Juntos somos mais fortes” baseava-se na cooperação entre os diferentes países no que respeita à utilização dos recursos energéticos e na aposta nas energias renováveis, tendo em conta, melhorar o mundo em termos ambientais.

Após o início do debate pelos moderadores, a discussão seguiu ininterruptamente, com uma explosão de ideias de cada um dos lados. O primeiro grupo argumentava que o problema da libertação de CO2 poderá ser resolvido com a tecnologia CAC (captura e armazenamento de carbono) não considerando os problemas ambientais urgentes. Os seus opositores afirmavam que era necessário intervir agora, pelo bem dos que cá estiverem daqui a 100 anos. 

O debate foi interessante. Foi uma experiência diferente, aprendemos a matéria mas pudemos dar as nossas opiniões e saber o que os outros pensam. 

Como neste momento, ainda só é possível chegar a Marte e, se alguém for, não tem maneira de regressar, é melhor preservarmos a Terra, pois não sabemos se alguma vez, no futuro, será possível chegar mais longe!

Ana Rita Afonso e Carolina Monteiro (9º B)