No dia 3 de maio um grupo de alunos do 9.º ano, oriundos das turmas A, B e C da Escola Cidade Castelo Branco, do Agrupamento Nuno Álvares, acompanhados pelos docentes José Domingos Antunes e Jorge Pereira do Grupo 520, participaram no XIV “Congresso Nacional Cientistas em Ação”, realizado no Centro de Ciência Viva de Estremoz. O trabalho que apresentaram, intitulou-se “Espaço escolar – fonte de aprendizagem e de saber”, tendo envolvido duas vertentes. Uma destas vertentes estava associada ao mundo dos seres vivos, mais concretamente, monitorizar o aumento de biomassa de plantas do jardim da escola (sobreiro, oliveira e medronheiro) e outra relacionada com o mundo não-vivo, mais concretamente simular/avaliar os efeitos da libertação de energia devido à ocorrência de um sismo.

Desta participação, para além de ter resultado a atribuição do 2.º Lugar, no Escalão 2.º/3.º Ciclos, foi possível fortalecer o contacto, a troca de ideias e experiências entre alunos, professores e cientistas, através da apresentação de ideias científicas e dispositivos experimentais construídos na nossa escola, visando a divulgação e a comunicação da cultura científica e tecnológica.

Tratou-se de uma atividade com âmbito nacional, com 202 participantes, de 20 escolas de Norte a Sul do país, acompanhados pelos respetivos 42 professores; foram apresentados 71 trabalhos, com um total de 277 envolvidos, incluindo os pequenos cientistas acompanhantes, elementos do Júri e comissão organizadora.

Promoveu-se o espírito científico dos jovens, através da realização de pequenos projetos científicos, nos quais o ensino experimental se revelou uma prioridade. Privilegiou-se a comunicação científica, num contexto de Congresso, tendo a comunicação sido apresentada e defendida perante alunos, professores, investigadores, cientistas e elementos do júri, em painéis por nível de escolaridade, à semelhança de um verdadeiro Congresso Científico. O balanço foi francamente positivo, pelo que a ideia é voltar a participar.