Natal é tempo de ter tempo,
De dar tempo,
É o tempo de ser tempo…

Natal aqui, Natal ali…
Natal, Natal, Natal…

No tempo que se avizinha,
Surge a dúvida habitual…
O que será mesmo o Natal?!

Natal é Pai Natal,
É brilho, é luz…
É Estrela que conduz…

Mas… Será isso mesmo o Natal?
Será sempre tudo igual?
A dúvida paira no ar…

Para mim Natal é Amor,
É cor, é calor…
Natal é muitas vezes dor…

Dor de querer dar tempo e não o ter,
De querer dar cor e não o saber fazer…
Natal é tudo o que eu quiser!

Natal é querer sorrir na dor,
É saber dar muito Amor,
É saber dar sem receber!

Neste Natal,
Procura não ser igual,
Procura… ser mesmo o Natal!

Iris Afonso Pais, Natal 2020