Residencia escrita1

A Biblioteca Escolar da Escola Secundária Nuno Álvares aceitou o excelente desafio da Alma Azul e juntou professores e alunos numa Residência de Escrita. Num agradável "desassossego", leram-se textos de Bernardo Soares, partilharam-se opiniões, redigiram-se textos, emoções, pensamentos... Esta Residência buscava o incentivo à escrita e à leitura por deleite e prazer, objetivo esse integralmente conseguido.

O ato da escrita pode ser uma forma de nos encontrarmos e de nos conhecermos melhor. Foi assim numa “tarde mais-que-perfeita na Biblioteca da Escola Nuno Álvares”, segundo as palavras da formadora, Elsa Ligeiro.

No passado dia 20 de Fevereiro realizou-se a Fase Final Distrital do Corta-Mato Escolar, na Zona de Lazer em Castelo Branco, tendo a nossa escola participado com uma comitiva de 34 alunos.

1º Lugar por equipas em Juvenis Masculinos

Do brilhante comportamento e empenhamento de todos os alunos que representaram a nossa escola, destacamos os seguintes alunos:

Classificação Individual

- Infantis B Masculinos: 2º Lugar – Gonçalo Sousa

- Juvenis Masculinos: 4º Lugar – Daniel Ramos

- Juvenis Femininos: 4º Lugar – Joana Roque

- Iniciados Masculinos: 5º Lugar – João Gonçalves

Classificação coletiva

- Juvenis Masculinos: 1º Lugar –, tendo a equipa sido composta pelos seguintes alunos: Daniel Ramos, Pedro Riscado, João Marques, António Sequeira, José Moreira e Ricardo Moreira.

A nossa escola irá estar presente no Corta mato Nacional, nos próximos dias 14 e 15 de março em Portalegre, com a equipa vencedora do corta mato distrital no escalão de juvenis masculinos. Estará também presente a nível individual o aluno, Gonçalo Sousa classificado em 2º Lugar no escalão de Infantis B masculino.

2º Lugar Infantis B Masculino

Decorreu no último dia de aulas do 1º período mais uma edição do Torneio de Voleibol. Inserido no PAA de Educação Física e Desporto Escolar da ESNA, este evento desportivo contou com a participação de cerca de 350 alunos do 7º ao 12º ano, o que tornou esta atividade num enorme sucesso. O interesse demonstrado pelos alunos na prática de exercício físico, aliada à competição saudável entre eles, foi para nós, grupo de Educação Física, motivo de orgulho e felicidade, pois torna-se importante que os nossos alunos tenham consciência dos benefícios que a atividade física tem na vida ativa deles. Na vertente desportiva e depois de 43 jogos com muita competição e emoção, no final tivemos 2 equipas vencedoras, uma do ensino básico e outra do ensino secundário.

 

NA-Dez. Equipa Vencedora

Parabéns a estas e a todas as equipas participantes, pelo empenho e pela demonstração de companheirismo que revelaram ao longo de todo o torneio.

A 25 de novembro, a equipa do projeto “Andakatu”, ligado ao Museu de Pré-História de Mação, deslocou-se à ESNA, a convite das professoras de História, Alice Alves e Fernanda Pinto.

Com esta iniciativa, os alunos de 7.º ano puderam participaram em ateliês de experimentação, tais como:

-Talha de sílex e quartzito;

- Cerâmica e pintura;

- Descoberta do fogo;

- Invenção da agricultura;

- Rituais religiosos.

Foram, assim, cumpridos os objetivos de os alunos recriarem a vida na pré-história e ficarem a conhecer o processo de evolução humana.

NA-nov.-Uma Viagem à Pré-História

Helena Baronet Prata é uma jovem de 17 anos, estudante do curso de línguas e humanidades no 12º ano. Este ano letivo, foi ela a eleita como Presidente da Associação de Estudantes da ESNA 2013/2014, tendo sido a cabeça de lista da única lista proponente às eleições, a lista M.

 

Campanha Eleições

 

- Helena, porque razão te candidataste?

Desde que entrei para o liceu, (no meu 7º ano), sempre me fascinei pelas listas por serem sempre bastante competitivas mas sempre com muito fair play. Candidatei-me principalmente porque quero fazer algo pela escola.

 

- O que é ser presidente de uma associação de estudantes?

É contribuir para a mudança na escola: quero acabar com o estereótipo de que as Associações de Estudantes não fazem nada para além de bailes e festas; nós queremos ajudar os alunos, ajudar os professores, no geral, ajudar a Escola.

 

- Que projetos ou atividades irão existir no programa da tua lista?

Ao longo do ano vamos desenvolver projetos a nível do desporto, da cultura, da arte, da escrita, entre outros; a seu tempo iremos dar a conhecê-los a toda a comunidade escolar.

 

- Por que achas que foste eleita?

Antes de mais não fui eu que fui eleita mas, sim, toda a lista. Fomos eleitos primeiro porque fomos a única lista; logo, à partida não seria difícil… Mas penso que, por sermos uma lista bastante grande e unida, o processo foi fácil. Orgulho-me de ver a “família” que se formou durante a campanha e que se prolonga até hoje. 

 

NA-nov.-Helena Baronet Presidente da A.E. discursando para os alunos 1

 

- Apresenta-nos uma vantagem e uma desvantagem do teu cargo.

O meu cargo nunca é uma desvantagem! Como já disse, dá muito trabalho, mas dá gosto ver toda a gente a trabalhar por um objetivo. A vantagem é essa mesma: ver que o que fazemos dá resultado. Por outro lado, eu sou bastante distraída e esquecida e, por isso, nunca dispenso a ajuda dos meus colegas que foram sempre incansáveis comigo.

 

- De onde surgiu a ideia de formar uma lista?

Como já referi, antes de eu ter o cargo de presidente, a lista já estava formada. Mas a ideia de formar uma lista e de eu me ter candidatado foi principalmente fazer algo pela escola e fazer com que este ano fosse memorável sempre pela positiva, porque nos dias que correm tudo está complicado para toda a gente e se nós, enquanto Associação de Estudantes, conseguirmos fazer alguma coisa para mudar a realidade existente, isso é sempre bom.

 

m eleicoes esna 2013 14