A oliveira, árvore bastante antiga, foi implementada2017.11.16 Apanha-azeitona-SP na Península Ibérica pelos Árabes no século VIII. Na nossa região as referências à plantação de oliveiras datam do século XIV e é no século XVI que o seu cultivo sofre um grande impulso na sequência da utilização do azeite na iluminação.

Hoje, esta árvore está na moda e faz parte do embelezamento arquitetónico de espaços públicos, jardins, casas, edifícios... A nossa escola não foge à regra, e como tal tem no seu pátio traseiro cinco lindas oliveiras. Este ano, os alunos do 3º ano decidiram colhê-la recriando uma atividade tão importante na economia familiar dos pequenos agricultores. Assim e depois de contactarem com alguns materiais utilizados em tempos passados meteram mãos à obra. E que obra! O trabalho rendeu mais de 200 Kg.

No final, depois de ensacadas as azeitonas recolhidas foram levadas ao lagar de azeite de António Gaspar Batista, na zona industrial de Castelo Branco. A este empresário e à D. Maria da Conceição, que nos emprestou os materiais necessários, o nosso muito OBRIGADO, sem eles este trabalho não teria sido possível.

Aprender brincando, convivendo, descobrindo o mundo que os rodeia, é esta a escola que queremos para os nossos alunos.