A arte de ouvir e recontar histórias faz parte do imaginário de cada um de nós e é daquelas experiências que guardamos na memória e que mais tarde ou mais cedo se voltam a reviver com a chegada dos filhos ou dos netos.

Com o propósito de recriar os serões no tempo dos nossos avós, reunindo diferentes gerações e promovendo momentos de confraternização, a Escola Nossa Senhora da Piedade, no passado dia 17, levou a efeito uma sessão de contos muito especial “Contos à lareira”, em que as estrelas da noite foram os familiares dos alunos, que encantaram com as suas histórias e proporcionaram um serão muito aprazível.

Findadas as narrativas houve filhós, café e cacau quente para todos os presentes, num momento de convívio, numa noite que, afinal, se revelou fria.

Agradecemos o sucesso desta iniciativa a todos os envolvidos neste projeto e, principalmente, aos familiares dos alunos que participaram de forma tão ativa neste agradável serão.

18 de maio é o dia proposto  pelo  ICOM – Conselho Internacional de Museus (organismo da UNESCO), para comemorar o dia Internacional dos Museus. Este dia abrem-se as portas dos museus gratuitamente, para que todos possam visitar as suas exposições e obras, assim como participar nas atividades preparadas para comemorar o dia. O horário é alargado com o objetivo de mais pessoas poderem visitar estes espaços.

Este ano o ICOM escolheu o tema Hiperconetividade, termo criado em 2001 para designar as múltiplas formas de comunicação dos nossos dias. As redes globais de conexões tornam-se cada dia mais complexas, diversas e integradas. No mundo hiperconectado de hoje os museus juntam-se a esta nova tendência por isso o Conselho Internacional de Museus (ICOM) escolheu o tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos” para o Dia Internacional dos Museus 2018.

Dia 15 de março, celebrou-se o Dia Internacional da Família, data escolhida pela Assembleia Geral da ONU em 1993. Esta celebração tem como objetivo alertar para a importância da família na estrutura do núcleo familiar e o seu relevo na base da educação infantil, bem como reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão necessárias para o bom relacionamento de todos os elementos que a compõem.

Os alunos do 3.º B da Escola Senhora da Piedade assinalaram este dia tão importante, com a elaboração de um filme que enviaram às suas famílias.

 

No dia 15 de maio, recebemos a visita da Embaixadora da Missão Continente. Fez-nos uma apresentação muito atrativa da roda dos alimentos Mediterrânica e explicou-nos a importância da sopa e a sua forma de confeção para que os nutrientes não percam propriedades. Entre outras informações chamou a atenção para o semáforo nutricional.

No final da apresentação realizamos um jogo e recebemos um presente giríssimo, uma t-shirt, uma almofada, um livro de escrita, um boneco e um saco.

Adoramos tudo, mas mais do que as prendas foi muito importante a nossa participação nos dois desafios, pois os trabalhos realizados permitiram-nos refletir e aprender o que devemos fazer para ter um estilo de vida equilibrado, uma alimentação saudável e um consumo consciente.

Agora só nos falta uma etapa a visita à loja Continente.

Na sexta-feira, dia 27 de abril, fizemos uma visita de estudo a Seia.

Durante a manhã, fomos visitar o Museu do Pão. Na parte da tarde, fomos ver o Museu do Brinquedo.

No Museu do Pão, entrámos na floresta mágica onde um duende explicou como nasce o pão. No final, trabalhámos a massa de pão para fazer moldes e decorar uns duendes em massa. Quando terminou a visita, fomos de comboio até um parque de merendas onde almoçámos.

Depois do almoço, fomos de autocarro até ao Museu do Brinquedo. Lá vimos brinquedos dos mais antigos até aos mais modernos e bonecas de todo o mundo. Pudemos brincar com brinquedos antigos. Saltámos à corda, jogámos ao arco, andámos nas andas e adorámos correr nos carrinhos de rolamentos.

De regresso a Castelo Branco alguns dormiram, tal era o cansaço.

Esta visita foi espetacular!

2º A – Escola Básica Nª Senhora da Piedade