Na sexta-feira, 13 de julho, o Modelo Continente entregou à turma do 3º B da Escola Básica Nossa Senhora da Piedade o prémio, equipamento tecnológico no valor de 750,00€,  referente ao segundo lugar obtido no Concurso Missão Continente – 2º desafio “Tornar a lista de compras mais consciente e sustentável”.

A turma do 3º B, no âmbito do Concurso Missão Continente, que tem como objetivo a adoção de um estilo de vida mais saudável, desenvolveu um trabalho multidisciplinar em que demonstrou como podemos fazer escolhas de consumo conscientes e sustentáveis: discutiu as diferentes formas de criar uma lista de compras sustentável, explorou formas de reaproveitar os alimentos e abordou assim o tema do desperdício alimentar.

Foi um trabalho aliciante que envolveu alunos e encarregados de educação.

No dia 18 de junho

O 2.º A da Senhora da Piedade

Teve um momento de convívio incrível

Num restaurante conhecido da cidade.

 

Para almoçar no restaurante "Capelo's"

Aceitámos o convite

Com agrado e alegria

E também cheios de apetite.

  

Em dia de Prova de Aferição

De Estudo do Meio e Matemática

Encheu-nos o coração

Esta ideia tão simpática.

Os alunos da Escola Básica da Senhora da Piedade tiveram o privilégio de ouvir os alunos da Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB de Castelo Branco.

Os alunos de 3.º e 4.º ano assistiram a um pequeno concerto a cargo do quarteto de Saxofones da ESART. Para além do prazer que a música lhes transmitiu aumentaram os seus conhecimentos musicais. Através do diálogo com os alunos, puderam saber a família a que este instrumento pertence, os tipos de saxofone que existem, como o som é produzido e até de onde vem o seu nome, do Belga Adolphe Sax, seu inventor.

Após esta primeira parte houve mudança de alunos e de músicos. Os alunos de 1.º e 2.º ano usufruíram de um concerto um pouco diferente, agora foi o quarteto de cordas.

Para lá do prazer que nos proporciona ouvir música ela é uma das atividades mais estimulantes para o intelecto das crianças.

Aos alunos da ESART e ao Dr. Carlos Semedo o nosso muito obrigada.

O CURTE IOGURTE projeto pedagógico desenvolvido no âmbito do Programa 1 Iogurte por Dia, desenhado para alunos do 1.º ciclo do ensino básico, professores, pais e encarregados de educação, pretende não só informar, sensibilizar e mobilizar para as boas práticas do consumo diário de iogurte, como também promover o iogurte e a sua importância numa alimentação saudável, especificamente nas refeições intercalares, lanches.

Neste programa o envolvimento dos pais é fundamental para a concretização dos objetivos, assim esta edição apresentou um desafio direcionado aos pais e encarregados de educação.

O Desafio às Famílias 2017/2018 consistia em completar, da forma mais criativa e original, a frase “Dou iogurte ao meu filho, porque…” Os pais e encarregados de educação podiam escolher uma ou mais formas de representar a frase – colagens, desenhos, textos, vídeos, músicas, danças, etc.

Gonçalo  Álvaro Vicente Branco, aluno do 3.º B da Escola Nossa Senhora da Piedade do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares de Castelo Branco, obteve o 2.º lugar com o seguinte trabalho:

Dou iogurte ao meu filho, porque é um amigo no qual posso confiar.

Proporciona mais equilíbrio e saúde para o seu bem estar. 

É fonte de nutrientes e boa energia lhe vai dar.

Se todos o tomarem vão ser fortes, saudáveis e todos os desafios vencer.

A arte de ouvir e recontar histórias faz parte do imaginário de cada um de nós e é daquelas experiências que guardamos na memória e que mais tarde ou mais cedo se voltam a reviver com a chegada dos filhos ou dos netos.

Com o propósito de recriar os serões no tempo dos nossos avós, reunindo diferentes gerações e promovendo momentos de confraternização, a Escola Nossa Senhora da Piedade, no passado dia 17, levou a efeito uma sessão de contos muito especial “Contos à lareira”, em que as estrelas da noite foram os familiares dos alunos, que encantaram com as suas histórias e proporcionaram um serão muito aprazível.

Findadas as narrativas houve filhós, café e cacau quente para todos os presentes, num momento de convívio, numa noite que, afinal, se revelou fria.

Agradecemos o sucesso desta iniciativa a todos os envolvidos neste projeto e, principalmente, aos familiares dos alunos que participaram de forma tão ativa neste agradável serão.