Convidámos o coordenador da nossa escola para entrevista-Coordenador-escola1visitar o nosso Clube e entrevistámo-lo.

1. Qual é o seu nome completo?
José Alberto Vicente Correia.

2. É professor de Matemática e Ciências? Qual o nome do seu curso e onde estudou?
Sim, atualmente sou. Tirei o Curso do Ministério Primário, em Castelo Branco, depois, em 1992, tirei um curso superior especializado em Administração Escolar, na Escola Superior de Educação de Castelo Branco e, posteriormente, o curso de professor do ensino básico de Matemática e Ciências da Natureza, também na Escola Superior de Educação de Castelo Branco.

3. Por que escolheu esse curso?
Porque sempre gostei muito da área de Matemática e de Ciências, mesmo quando estudei, até ao décimo segundo ano, sempre preferi essa área.

4. Quanto tempo tem de serviço?entrevista-Coordenador-escola2
De serviço, tenho 31 anos.

5. Quando foi nomeado coordenador desta Escola?
Em setembro de 2014.

6. Coordenar esta Escola é uma tarefa difícil ou fácil? Porquê?
Tem dias. Há dias em que é mais fácil, outros em que é mais complicado, mas não se põe em termos de fácil ou difícil, é um trabalho diferente, porque todos os dias aparecem situações novas, que temos que resolver, algumas têm de ser resolvidas no próprio momento, podem dar mais trabalho. Em todo o caso, o contacto com os alunos e professores, por vezes, facilita também a tarefa.

7. Qual a parte de que mais gosta no seu trabalho?
O contacto direto com os alunos porque, para além de ser coordenador, continuo a dar aulas.

8. Considera que a nossa escola tem as melhores condições para as pessoas trabalharem/ estudarem?
A nossa escola é das mais apetrechadas, em termos de equipamentos. E é muito bom o grupo de docentes, técnicos e funcionários, facilitando o bom trabalho neste estabelecimento.entrevista-Coordenador-escola

9. Temos ouvido notícias sobre a existência de placas de amianto em muitas escolas. Nesta escola, já foram substituídas?
As placas de fibrocimento que existem em alguns estabelecimentos escolares, para que sejam mudadas, tem de ser de acordo com o Ministério da Educação, em todo o caso já começaram a ser mudadas na nossa escola.

10. Se pudesse escolher de novo o rumo da sua vida, voltaria a ser professor? Porquê?
Muito provavelmente sim, porque com tantos anos de serviço continuo a gostar de ser professor, não me estou a ver com outra profissão.

11. Quer deixar, no nosso jornal, alguma mensagem aos jovens?
O futuro é vosso, será tanto melhor quanto mais lutarem por ele e quanto mais estudarem de modo a que o futuro seja aquilo que vocês querem e merecem.

Entrevista feita por:
Carolina Silva; Mafalda Poço; Miriam Ferro (6ºD)
Clube de Jornalismo-FV