Os alunos e professores de Inglês, Espanhol e Educação Visual assinalaram o “Halloween” e “Día de los muertos” com a decoração do pátio da escola, através de trabalhos elaborados pelas turmas do 7º ano. No âmbito desta comemoração destaca-se a elaboração de morcegos e a pintura de caveiras típicas mexicanas.

Para além disso, em espaço de sala de aula e em todas os anos e turmas, visualizaram-se filmes e documentários relacionados com estas celebrações.

Originalmente, o Halloween era um ritual celta, que marcava o Samhain, o fim oficial do verão e o início do Ano Novo Celta e o início do inverno. Halloween significa All Hallows’ Eve, que em português quer dizer "véspera do dia de Todos os Santos".
Esta festividade, de tradição anglo-saxónica é celebrada, desde a sua origem, no dia 31
de outubro, sendo atualmente comemorada no mundo inteiro.

No México, o Dia dos Mortos é uma celebração de origem indígena, que honra os defuntos no dia 2 de novembro. Começa no dia 31 de outubro e coincide com as tradições católicas do Dia dos Fiéis Defuntos e o Dia de Todos os Santos. A UNESCO declarou-a como Património da Humanidade.

Para os mexicanos, a morte é uma parte da vida, e não um momento de tristeza. Eles creem que ao morrermos, as almas vão para um lugar melhor e por isso, não há motivo para chorar. Acreditam que no “Día de los Muertos”  as almas têm permissão para voltar ao mundo dos vivos e reencontrar os seus entes queridos. Por isso esse dia é um motivo de festa para quem está vivo, é uma forma de mostrar o seu carinho e amor para os que passaram para o outro lado, pois a morte verdadeira só acontece quando as pessoas deixarem de ser lembradas. Por isso demonstram que esse amor continua a existir e que deve ser exaltado com alegria.

Professora Andrea de Barros

 

Para assinalar o “Día de la Hispanidad” ou “Fiesta Nacional de España” os alunos de Espanhol da nossa escola elaboraram trabalhos sobre personalidades, tradições e monumentos do mundo hispano, que foram expostos na biblioteca escolar.

Este evento pretende festejar a chegada de Cristóvão Colombo à América, a 12 de outubro de 1492. Com esta descoberta vários países passaram a falar a mesma língua, assim temos hoje várias culturas a partilharem o mesmo idioma. Até o século XV, Europa e América eram dois mundos distintos, cada um se desenvolvia separadamente sem saber da existência do outro. A Hispanidade, ou difusão linguística e cultural espanhola, começou quando Cristóvão Colombo deu início à colonização europeia das Américas, em nome dos monarcas católicos espanhóis. A partir desse dia, Europa e América encontraram-se pela primeira vez e, desde então, o mundo como era conhecido nunca mais foi o mesmo.

O conto de Natal da turma C do 6º ano, da Escola Faria de Vasconcelos,  foi selecionado para publicação em livro, no âmbito do concurso "O Mais Belo Conto de Natal" promovido pelo Fórum Castelo Branco.

 

Este ano o natal no Forum Castelo Branco será subordinado ao tema “Era uma vez…”

Os contos e histórias de natal povoam a nossa imaginação e levam-nos de regresso à magia da infância.Por isso decidiu-se lançar aos mais novos o desafio de criarem e partilharem  os seus próprios contos de natal.

De entre os contos recebidos, foram selecionados por um júri do Forum Castelo Branco, os 10 contos que melhor se enquadram neste projeto e, posteriormente, os 2 contos vencedores, um de cada ciclo de ensino. Os contos escolhidos serão ilustrados e publicados em forma de livro.

Os vencedores serão apresentados (e receberão os prémios) na festa de natal do Forum Castelo Branco, no dia 6 de dezembro.

Os 10 contos que vão ser editados em livro conjunto são:

 

Mais uma historinha de Natal - Escola Faria de Vasconcelos – 6ºC
Brinquedos não são prendas - Escola Básica de São Tiago – 1º ciclo , 4º Ano
A Magia da Amizade - Escola de Janeiro de cima, 1º Ciclo.
Era uma vez, pelo natal… - Escolas de Vila Velha de Ródão, 1º Ciclo turma C.
Espírito de Natal – Escola EBI João Roiz 5º A;
O Miguel e o Pai Natal - EB1 de Póvoa de Rio de Moinhos
Quem está à porta? - EB Santa Teresinha – Fundão, 1º Ciclo
Um conto de Natal… um pouco original - Escolas de Vila Velha de Ródão, Alunos do 6ºA
A força da amizade EB1 Pêro Viseu – Turma PER1, 1º ciclo
Um conto de Natal - Escola João de Deus alunos do 3º ano.

 

Todos estão de parabéns.

Na nossa escola, o 6ºC está de parabéns (sobretudo a aluna Catarina Charrinho), bem como a  professora Ana Paula Santos, que lançou o desafio e acompanhou a sua concretização.

 

No dia 11 de novembro comemorou-se o dia de São Martinho. Estivemos a falar sobre a Lenda de são Martinho.

Nesse dia, fizemos um magusto no recreio da escola. Comemos muitas castanhas, brincamos, corremos, saltamos e jogamos às apanhadas.

Nós fizemos o magusto porque é tradição fazer um magusto neste dia.

Beatriz Sofia Redondo, 3º B - FV