30.11 FV Concurso-Postais-NatalOs alunos do 2ºA da Escola Básica Faria de Vasconcelos participaram no Concurso "Postais de Natal" promovido pela Biblioteca Municipal de Castelo Branco. O postal foi elaborado com entusiasmo e empenhamento em articulação com a AEC de Expressão Plástica.

Gabriela Sarrasqueiro

Os alunos do 1º A da Faria de Vasconcelos não nasceram leitores.bons leitores 1A 4 Mas tornar-se-ão Bons Leitores.

Tornar os alunos bons leitores devia ser uma das metas a atingir por qualquer escola, dizia o Dr. Marçal Grilo, na conferência dada em setembro no nosso Agrupamento.

Por isso, começar a contar histórias às nossas crianças o mais cedo possível é o primeiro passo para criar bons leitores.

Os alunos do 1º A da Faria de Vasconcelos estão a dar uns passinhos nesse sentido.

Logo no primeiro dia de aulas, ouviram histórias na biblioteca escolar com o professor bibliotecário. No tempo de aula de Educação para a Cidadania ouvem histórias, comentam e fazem desenhos, para além da interdisciplinaridade de atividades que despertam para a leitura.

Passo a passo vão caminhando para serem BONS LEITORES

Turma do 1ºA- Faria de Vasconcelos

O Departamento do 1º Ciclo e o GAAF na Escola Faria Vasconcelos, Festa Natal 01dinamizou a Festa de Natal com a participação dos nossos pequenos "Grandes Artistas".

Os Alunos foram os principais atores na construção de momentos de grande diversão e magia natalícia de muita qualidade que a todos sensibilizou com um entusiasmo contagiante.

No final o nosso Pai Natal presenteou as nossas crianças, com um pequeno miminho.

Os alunos do 7º Ano da EB Faria de Vasconcelos celebraram o16.11 FV DiaInternacionalTolerancia1 Dia Internacional da Tolerância que se comemora no dia 16 de novembro, respondendo a um desafio lançado pelas professoras de Ed. Visual e de Inglês que, usando conteúdos programáticos de ambas as disciplinas, teve como objetivo transversal o de incutir e desenvolver nos alunos o sentido da interculturalidade e do respeito pela diferença.
A data foi simbolicamente assinalada pelos delegados e sub-delegados das turmas ao colocarem três painéis numa das paredes do bar dos alunos compostos por "azulejos" que cada um pintou e onde cada um escreveu palavras, expressões ou frases de sua autoria sobre a temática da tolerância.

Os alunos "visitaram" igualmente turmas dos 1º. 2º e 3º Ciclos, alertaram os colegas para a importância desta data ser celebrada todos os dias e aplicaram um inquérito, servindo o seu posterior tratamento estatístico para a dinamização de outras atividades promotoras da inclusão num Agrupamento de Escolas que se quer saudavelmente multicultural.

No inquérito a que as turmas envolvidas responderam para a avaliação da atividade, os alunos consideraram que a sua realização os fez olhar "com outros olhos" para a temática da tolerância e os fez repensar algumas das suas atitudes perante os outros e deixaram, entre outros, impressos nos seus painéis, dois reptos à comunidade escolar: "Fall in love with souls, not faces!" / "Dare to see what's invisible to the eyes!".

Cristina Santos & Gabriela Valente

Há ideias que perpassam no tempo e encontram eco em cada CorAção.Inclusivamente-num-Coracao 01

No Projeto Inclusivamente há professores, pais, alunos... turmas inteiras empenhadas em "dar mais ao mundo" com consistência e continuidade. Duas grandes ações congregaram massivamente a comunidade: a recolha de papel para o Banco Alimentar e a Recolha de Plástico para ajudar o Gonçalo a obter a sua cadeira de rodas. Ambas foram concretizadas com Cor+Ação! À cor azul de um laço e de um abraço, correspondeu uma ação (recolha de plástico) que ultrapassou as 4 toneladas de plástico e ao multicolorido de revistas, livros, jornais ou pacotinhos de açúcar, uma outra ação (recolha de papel) que superou as 3 toneladas.

Em simultâneo, 4 turmas formadas pela Equipa Young Volunteam/Inclusivamente desenvolveram inúmeras iniciativas e projetos que deram muito... muito mais ao mundo: recolha de alimentos para o Banco Alimentar; Campanha de recolha de fundos para a AMI, Participação na Campanha do Pirilampo Mágico; Atelier de reciclagem e solidariedade; Criação de um laço azul; elaboração, com alunos mais novos, de lembranças para o dia da mãe; encontro de gerações na Santa Casa da Misericórdia; elaboração de corações solidários.