Na escola de Boa Esperança, realizou-se a hora do conto, Hora-do-Conto-BE 01atividade promovida pela biblioteca da Escola Cidade Castelo Branco.

Deslocou-se a esta escola, a professora Célia para contar a história da " Bruxa Mimi" aos alunos dos 1º e 2º ano. Foi uma história divertida em que dava conta da uma bruxinha que afinal também gostava de legumes em especial iguarias preparadas com abóbora, incentivando todos a comer mais legumes todos os dias. Foi mais uma forma de assinalar o dia da alimentação. Os alunos participaram com entusiasmo nesta iniciativa, tendo ainda sido desafiados a participar na realização de um trabalho alusivo onde teriam de por á prova a sua criatividade.

Para assinalar o dia de São Martinho realizou-seMagusto EB-Boa-Esperanca 03 na nossa escola o tradicional magusto. Acendemos uma fogueira onde se assaram algumas castanhas, apenas para manter a tradição. À volta da fogueira, enquanto crepitava, os alunos entoaram canções alusivas, em ambiente de grande animação.

Sempre muito aguardada todos os anos, esta atividade conta com a participação de toda a comunidade escolar, proporcionando momentos de alegria, convívio, reviver tradições, entre alunos, professores, funcionárias e estagiárias da Escola Superior de Educação.

Por entre o passado do que foi a antiga fábrica Sicofato,Luz do Instante 02 irrompe a exposição de fotografia O Instante da Luz que os alunos da Escola Básica Boa Esperança visitaram no dia 5 de novembro.

Uma exposição em que o destaque é dado à luz e ao poder que esta tem no registo de momentos irrecuperáveis: desde a simples gota suspensa, apanhada pelas mãos do fotógrafo, passando pelo desporto e culminando no património local. Os alunos tiveram a oportunidade de observar vários locais que fazem parte do nosso passado e, assim, estabeleceram o paralelismo entre o mundo da fotografia e os conhecimentos veiculados nas aulas.

No final da atividade, as crianças conheceram o princípio básico inerente à fotografia: espreitaram para dentro de uma caixa escura com imagens invertidas e que são captadas e registadas em papel. Ainda houve tempo para o aluno ser o protagonista de uma "selfie", designada em português de autorretrato.

Na Escola Básica da Boa Esperança,boa-alimentacao 1 o dia 16 de outubro foi comemorado de forma muito saudável e com o colorido da fruta. Os alunos da EB1 Boa Esperança confecionaram uma espetada que os fez deliciar e, ao mesmo tempo, repetir a experiência no momento.

A fruta, previamente cortada, foi posta à disposição dos mais pequenos que, com todo o cuidado, foram compondo, peça por peça, uma espetada que reunia os mais diversos sabores: pera, maçã, banana, manga, uvas... A quantidade e diversidade de fruta recolhida e disponibilizada pelos alunos constitui um sinal de que estão sensibilizados para o consumo de fruta sendo, portanto, um hábito a manter.

As tardes dos dias 8 e 9 de outubroBoa Esperanca Vaivem Oceanario 01 foram bem aproveitadas pelos alunos da EB1 Boa Esperança, uma vez que visitaram, no centro da cidade, perto da Câmara Municipal, o Vaivém Oceanário.

O Vaivém Oceanário é um espaço móvel - a cargo do Oceanário de Lisboa - que se revela uma oportunidade de tomar contacto com o universo dos oceanos: conheceu-se a riqueza que o ambiente marinho inclui, ao mesmo tempo que a iniciativa assumia uma missão pedagógica - de consciencialização dos utentes -, alertando-se para a necessidade de garantir uma pesca saudável que garanta o equilíbrio dos ecossistemas.

O visionamento de um filme sobre o oceano e a costa portuguesa, tocar em corais, observar como se manifesta a cor no interior do mar contam-se entre as atividades que proporcionaram uma tarde francamente produtiva.