No dia 15 de abril eu, os meus amigos e as turmas do 4º anoVisita-de-estudo-a-Belmonte-3 fomos a Belmonte, a terra dos Judeus.

Quando chegamos a Belmonte fomos lanchar, apesar de estar a chover.

De seguida fomos ao Museu Judaico. Belmonte era a terra em Portugal que os Judeus mais escolhiam. Aprendemos que os Judeus foram vítimas de uma inquisição e que alguns conseguiram fugir e passaram por Portugal. Mas não ficaram cá porque não os deixaram.

Fomos para o Museu dos Descobrimentos que falava muito sobre Pedro Álvares Cabral natural de Belmonte.

Numa das salas entramos numa espécie de interior da nau de Pedro Álvares Cabral, e descobrimos várias coisas sobre a nau e o que ele viu no Brasil.

No dia 17 de dezembro, para comemorarNatal BE 01 a época festiva que está a decorrer, houve festa na escola. Os alunos declamaram poemas, entoaram várias canções de Natal em português e inglês, acompanhadas com vários instrumentos musicais. Um dos alunos abrilhantou a festa tocando vários temas com a sua concertina. De seguida, o Pai Natal chegou para surpresa de todos os alunos encaminhando-os para o pátio da escola. Para terminar e aconchegar o estômago, realizou-se um belo lanche de Natal, com filhós e cacau.

Os alunos da EB Boa Esperança deslocaram-se aoAlunos-assistem-a-Minislandia2 Cineteatro Avenida para assistirem a uma apresentação dedicada aos "Mínimos". A atividade teve lugar no dia 2 de Dezembro e para além da peça, as crianças ouviram e cantaram canções de Natal.

A caraterização das personagens e o modo divertido de atuar suscitaram o interesse das crianças, numa dramatização em que a amizade e o espírito de entreajuda estiveram em destaque.

Para assinalar a quadra que atravessamos, todos cantaram e acompanharam, aplaudindo, as canções que marcam a festa natalícia.

Integrado em iniciativas dedicadas à semana da Tolerância,Dia-da-Tolerancia 1 os alunos da EB Boa Esperança tiveram a oportunidade de ouvir o conto: "As cores de Mateus", contado pela professora bibliotecária Célia Rodrigues do nosso Agrupamento de Escolas. A atividade decorreu no dia 17 de novembro e contemplou os alunos de 3.º e 4.º anos daquela escola.

A história "doce e quentinha para o nosso coração", tal como foi apresentada, apelou aos sentimentos das crianças, remetendo para a diferença, como sinónimo de beleza, a igualdade, a tolerância como arma de combate à guerra.

Foi de forma muito envolvente e cativante que um menino adotado, o Mateus, foi apresentado à turma - a sua lição de vida foi ternamente contada e ouvida, pois só as palavras meigas conseguem deixar marcas perenes.

Na escola de Boa Esperança, realizou-se a hora do conto, Hora-do-Conto-BE 01atividade promovida pela biblioteca da Escola Cidade Castelo Branco.

Deslocou-se a esta escola, a professora Célia para contar a história da " Bruxa Mimi" aos alunos dos 1º e 2º ano. Foi uma história divertida em que dava conta da uma bruxinha que afinal também gostava de legumes em especial iguarias preparadas com abóbora, incentivando todos a comer mais legumes todos os dias. Foi mais uma forma de assinalar o dia da alimentação. Os alunos participaram com entusiasmo nesta iniciativa, tendo ainda sido desafiados a participar na realização de um trabalho alusivo onde teriam de por á prova a sua criatividade.