Nos dias 1 e 8 de fevereiro, foi assinalado, pelo 9.º E, o Dia do Holocausto, com a apresentação de obras literárias sobre o tema, numa atividade conjunta da Biblioteca Escolar e da disciplina de História.

Alguns alunos partilharam, com os colegas, as histórias de pessoas que sofreram na pele esta tragédia. A Margarida interrogou-se Se isto é um homem, de Primo Levi; a Beatriz narrou-nos a infância de Ilse Losa n´O mundo em que vivi; o Salvador contou-nos a história d`O rapaz do Pijama às Riscas, de John Boyne; a Rafaela falou-nos de uma adolescente escondida, que desabafa com a sua amiga, O Diário; a Madalena deu-nos a conhecer O Caderno do Avô Heinrich, de Conceição Dinis Tomé e a Joana levou-nos ao mundo d´A Rapariga que roubava livros, de Markus Zusak.

Assim, os alunos relembraram o Holocausto através da vida de gente como nós, que sofreu horrores nas mãos dos líderes da época. Como alertam os autores do documentário Noite e Nevoeiro, «Quem de entre nós se mantém vigilante neste estranho posto para avisar da chegada dos novos carrascos? Terão eles verdadeiramente um outro rosto que não o nosso?»