Realizou-se no dia 28 de abril de 2016,suporte vida 01 uma ação de sensibilização, com a colaboração do INEM, sobre Suporte Básico de Vida, destinada aos alunos que frequentam o 9º ano de escolaridade na Escola Cidade de Castelo Branco e na Escola Faria de Vasconcelos. Tratou-se de uma iniciativa que pretende alertar e preparar os alunos para reagirem corretamente em situações de emergência.

No passado dia de 18 de março foi entrevistado o professor Filipe Bruno Roque. Tem 39 anos (nasceu em 1/04/1977, que curiosamente é o dia das mentiras) e uma filha de 6 anos. Completou 10 anos de serviço.

1. Qual foi o seu percurso académico até chegar onde está hoje?Entrevista Filipe Roque

Eu comecei em França, no 1.º ciclo. A meio, os meus pais decidiram vir para Portugal, por isso estive dois anos em França, no 1.º ciclo, depois em Portugal fiz três anos no 1.º ciclo. Foi difícil de um momento para o outro aprender a ler e a escrever português, pois só sabia ler e falar francês. Depois frequentei a Escola Afonso de Paiva, mais tarde, a Amato Lusitano, e finalmente a Escola Superior de Educação de Santarém.

No âmbito do Concurso promovido pela Valnor " Ovos Amarelos",Valnor Ovos-Amarelos 2B as Turmas do 2º A e 2º B da Escola Cidade Castelo Branco participaram nesta iniciativa com o intuito de sensibilizar os alunos para uma conduta ambiental responsável, reutilizando materiais usados.

As duas turmas receberam um Certificado de Enriquecedora Participação no Concurso, ficando o 2º A em 2º lugar com a Escultura " Páscoa – Reciclagem Criativa" e o 2º B em 1º lugar com a Escultura " A Alegria da Páscoa".

O 2º B foi o vencedor do Concurso, recebendo o prémio de 200 euros em material informático.

As turmas continuam empenhadas na 2ª parte do Concurso " Reciclagem de Embalagens", estando a recolher ECAL – Embalagens de Cartão para Alimentos Líquidos até 23 de maio.

Fátima Matos
(Professora Titular do 2º B)

No último dia de aulas do 2º período, fui surpreendidoCiclo historias 01 pela apresentação do "V Ciclo de Histórias", apresentado à minha turma e às turmas do 3º e 4º ano da Escola Cidade de Castelo Branco.

Em primeiro lugar assisti à dramatização da canção de Luísa Sobral "O João", apresentada pelos alunos do 4º C. Como foi bonito ouvir a Matilde cantar.

Logo de seguida os alunos do 4º B, num corre, corre, apresentaram a história "O dia em que o meu bairro ficou de pantanas" de Rosário Alçada Araújo. Foi uma aflição, a mãe de rolos na cabeça, a procurar o filho por todo o bairro e afinal o filho estava a dormir descansado em casa.