No âmbito da comemoração do Dia de São Valentim, decorreram, na Escola Cidade de Castelo Branco, várias atividades promovidas pela Biblioteca Escolar, com o objetivo de a data ser, mais uma vez, celebrada pela comunidade educativa.

Os alunos do 3ºciclo produziram textos de opinião acerca do tema “Amor”, que foram objeto de um concurso e uma exposição. Os alunos, em geral, contribuíram para a concretização de outra exposição, constituída por trabalhos alusivos ao Dia de São Valentim, em que os participantes “deram asas” à criatividade, produzindo poemas, acompanhados de ilustrações.

Ainda no contexto da comemoração do Dia de S. Valentim, deslocaram-se à Biblioteca da Escola, nos dias 8 e 15 de fevereiro, as turmas dos 1ºs e 2ºs anos, acompanhadas pelos respetivos Professores Titulares, a fim de assistirem à Hora do Conto. A Hora do Conto viajou ainda até à EB1 e JI dos Escalos de Baixo. A obra selecionada foi “O Sapo Apaixonado”, da Editora Caminho. A leitura da obra, levada a efeito, pela Professora Bibliotecária, foi acompanhada por imagens, tendo suscitado grande interesse e expectativa nos ouvintes. O conto veio corroborar e confirmar as opiniões que os alunos manifestaram, de uma forma expressiva, antes de ouvirem a história, quando interpelados pela contadora acerca do significado de “O que é estar apaixonado?”Surgiram, de uma forma expressiva e, de rompante, respostas como: «É sentir amor por alguém!»; «É sentir paz!»; «O coração bate mais rápido!» Esta hora mágica, em que os ouvintes e a contadora entram num mundo maravilhoso, foi realizada também na EB da Boa Esperança e para todos os alunos da EB e Jardim de Infância dos Escalos de Baixo.

Com este conto, os alunos puderam também comprovar que o Amor é um sentimento abrangente e que não conhece barreiras.

Os alunos do 9.º E, CCB, realizaram um passeio a Sintra, no dia 14 de fevereiro. A visita realizou-se no âmbito de um projeto de promoção do sucesso educativo (transição de todos os alunos, ausência de faltas disciplinares e melhoria da qualidade do sucesso), realizado no passado ano letivo. Os alunos cumpriram os objetivos e foram premiados com este passeio à vila romântica, no dia dos namorados.

À chegada, almoçaram em São Pedro e pediram-lhe bom tempo. Depois subiram a calçada até à Pena. Percorreram as veredas do parque, por entre árvores centenárias trazidas dos quatro cantos do mundo. E entraram palácio que D. Fernando II adaptou de um mosteiro manuelino, ao gosto da sua terra, a Alemanha. Admiraram o tritão e a decoração mudéjar, conheceram os aposentos de reis e rainhas e fizeram-se fotografar nos mais belos recantos do palácio.

Nos dias 1 e 8 de fevereiro, foi assinalado, pelo 9.º E, o Dia do Holocausto, com a apresentação de obras literárias sobre o tema, numa atividade conjunta da Biblioteca Escolar e da disciplina de História.

Alguns alunos partilharam, com os colegas, as histórias de pessoas que sofreram na pele esta tragédia. A Margarida interrogou-se Se isto é um homem, de Primo Levi; a Beatriz narrou-nos a infância de Ilse Losa n´O mundo em que vivi; o Salvador contou-nos a história d`O rapaz do Pijama às Riscas, de John Boyne; a Rafaela falou-nos de uma adolescente escondida, que desabafa com a sua amiga, O Diário; a Madalena deu-nos a conhecer O Caderno do Avô Heinrich, de Conceição Dinis Tomé e a Joana levou-nos ao mundo d´A Rapariga que roubava livros, de Markus Zusak.

Assim, os alunos relembraram o Holocausto através da vida de gente como nós, que sofreu horrores nas mãos dos líderes da época. Como alertam os autores do documentário Noite e Nevoeiro, «Quem de entre nós se mantém vigilante neste estranho posto para avisar da chegada dos novos carrascos? Terão eles verdadeiramente um outro rosto que não o nosso?»

 

 

 

No dia 31 de janeiro, nós, os alunos da turma do 2.º ano da Escola Cidade de Castelo Branco, fomos visitar o Museu Cargaleiro.

Nós observámos com muito interesse as obras de Manuel Cargaleiro e dos seus amigos. As obras deste artista são fantásticas. Têm muita cor, formas geométricas e padrões.

No final pintámos um azulejo cada um. Adorámos a visita! Tivemos pena de não encontrar o mestre Cargaleiro para o aplaudirmos.

Turma do 2.º A, CCB

A convite da Engenheira Ana Sofia Domingos, 2017.11.24 Visita lagarTécnica Responsável da Associação de Produtores de Azeite da Beira Interior (APABI), mãe e encarregada de educação do aluno David Domingos, as Turmas de 4º ano, da Escola Cidade Castelo Branco, tiveram oportunidade de visitar o Lagar "Fio da Beira", no "Dia Mundial da Oliveira", onde vivenciaram todo o processo de transformação da azeitona desde a sua colheita até ao azeite. Foi uma experiência muito pedagógica e enriquecedora para as crianças.

No dia 24 de novembro, fomos ao lagar "Fio da Beira" comemorar o Dia Mundial da Oliveira. Saímos da escola e fomos para o autocarro. Quando chegamos ao lagar deram-nos camisolas.