A professora da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica,07-04-Taizé- EMRC Maria Edite Gonçalves e os alunos do (9º e 10º ano) do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares inscritos na disciplina realizaram uma visita a Taizé, em França.

A visita decorreu no período de interrupção letiva da Páscoa entre os dias 07 e 17 de abril de 2017. Os alunos foram acompanhados pela docente Ana Isabel Almeida em todas as atividades planificadas em colaboração com a professora de EMRC. Nos dois primeiros dias, tivemos oportunidade de visitar a cidade de Barcelona, especialmente o Templo da Sagrada Família. No dia seguinte, chegamos à cidade de Lyon onde pudemos participar na Eucaristia na Basílica de Notre-Dame de Fourviére. Depois de uma vista panorâmica à cidade e de um passeio pela zona antiga, dirigimo-nos em direção a Taizé.

Fomos recebidos na comunidade pelo Irmão David, que é português. Depois de instalados, deu-se início aos trabalhos, oração, reflexão, silêncio, brincadeira. Este lugar proporciona uma atmosfera de oração que não se encontra em muitos lugares e os jovens têm sido fortemente atraídos pela mensagem de reconciliação e otimismo proveniente de Taizé. O afluxo dos mesmos à Igreja da Reconciliação é vultuoso, principalmente nesta época e nas férias de verão. Em Taizé, fizeram-se descobertas acerca do sentido da religiosidade, de conhecer e compreender a experiência ecuménica, de refletir acerca do sentido da vida e dos valores essenciais à existência e de construir novas formas de solidariedade assentes no dinamismo e no humanismo emanados da dimensão religiosa.

No dia de regresso, tivemos a sorte de poder visitar a Vila de Cluny e as ruínas do seu mosteiro. O convívio entre alunos e professoras foi salutar... e todos aproveitaram o melhor que Taizé tinha para nos dar...

Em suma, Taizé é um sinal de esperança cristã nos nossos dias.

A Professora
Edite Gonçalves