O dia 6 de dezembro não podia ter sido mais enriquecedor06-12 pedro-seromenho 03 para os alunos de 4º ano das escolas Cidade de Castelo Branco, Boa Esperança, Faria de Vasconcelos e Sra. Piedade, pois tiveram o privilégio de ouvir o brilhante autor e contador de histórias, de seu nome Pedro Seromenho. Na escola Cidade de Castelo Branco a sessão de leitura e desenho decorreu na sala de audiovisuais, pelas 10.30. Da parte da tarde, pelas 14.30, decorreu uma segunda sessão na escola Sra. da Piedade.

Pedro Seromenho é autor de doze livros. É autor e ilustrador em simultâneo. Diz que os livros servem para unir as pessoas e foi com a sua sensibilidade que ofereceu poesia aos participantes ao mesmo tempo que os despertou para as grandes questões da atualidade: desemprego, emigração, urbanização, desflorestação...

06-12 pedro-seromenho 01

Neste dia veio promover o seu último título: "A cidade que queria viver no campo". Após a caneta de Pedro Seromenho ter começado a desenhar e, paralelamente, ter começado uma viagem com os pequenos ouvintes "a sonhar, a sonhar..." (palavras do autor com que principiou a iniciativa literária) a atenção dos participantes foi máxima. Os olhos das crianças não mais largaram a tela e o ouvido ficou preso pela leitura cativante que deve, acima de tudo, contar a história das pessoas porque cada um de nós tem uma para contar.

O sucesso de Pedro Seromenho advém, como será de esperar, da sua autenticidade enquanto escritor, pois jamais se pode alcançar esse nível longe dessa via.

06-12 pedro-seromenho 02