No âmbito do Ano Europeu do Património Cultural, o Clube Europeu da Escola Cidade de Castelo Branco visitou o Porto, nos dias 14 e 15 de junho. Os alunos relatam a viagem.

No âmbito do concurso nacional “Uma Árvore, uma Floresta”, promovido pela Associação de Professores de Geografia, as alunas do Clube Europeu - Cláudia David, Daniela Naré, Madalena Cunha e Márcia Capinha – obtiveram uma Menção Honrosa com o cartaz subordinado ao tema “A Rosa Albardeira e o Polvo (Erva-pinheira-orvalhada) ”, duas espécies da flora autóctone portuguesa que se podem observar entre os meses de abril e maio, na região de Toulões, no concelho de Idanha-a-Nova. A nível local, a presença destas espécies é muito importante, elas promovem o turismo da natureza, criam empregos e geram riqueza para as populações locais minimizando as consequências do despovoamento.

Despertar a curiosidade geográfica, conhecer a biodiversidade da floresta autóctone portuguesa e relacionar a importância da floresta com a prevenção e mitigação de riscos, foram alguns dos objetivos deste concurso. Participaram, no 3º ciclo, 26 escolas de todo o país.

Consulte o Cartaz

Como já é tradição, o Clube Europeu da Escola Cidade de Castelo Branco comemorou, a 9 de maio, o Dia da Europa, com o hastear das bandeiras da União Europeia e de Portugal e com a interpretação em clarinete e flauta, do Hino à Alegria, símbolo da União Europeia, e do Hino Nacional, cantado por toda a comunidade presente. Seguiu-se um pequeno almoço com especialidades típicas de vários países europeus que permitiu um convívio entre os elementos do Clube. Esteve presente o Senhor Vice-Presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco que mais uma vez nos deu a honra de se associar a este evento.

O Dia da Europa comemora a paz e a unidade dos povos europeus e assinala o aniversário da “Declaração Schuman”. A 9 de maio de 1950, Robert Schuman, então Ministro das Relações Exteriores de França, inspirado por Jean Monnet, político francês, propôs a criação de uma comunidade europeia para gerir o carvão e o aço. Em 1951, é criada a CECA, a primeira organização supranacional, o primeiro passo para a integração europeia que nasceu, assim, de uma iniciativa de paz focada na construção de um futuro comum.

A Escola Cidade de Castelo Branco recebeu, durante dois dias, um grupo de professores, formadores e membros de ONG’s de caráter ambiental e de voluntariado, todos ligados à educação, vindos da Croácia, para conhecer o trabalho realizado na nossa escola e, ao mesmo tempo, partilhar experiências educativas postas em prática nos dois países.

A escolha da Escola Cidade de Castelo Branco e o contacto estabelecido com a Direção do Agrupamento, resultou do conhecimento que os croatas tiveram sobre as atividades de carácter ambiental, social, cultural e outras, através das páginas web onde as mesmas são divulgadas.

Os alunos do Clube Europeu e alguns do projecto Eco-Escolas, bem como o grupo de Percussão foram os principais anfitriões mas, vários grupos desde o Pré-Escolar, passando pelas turmas do 4º ano do 1º ciclo e até do 9º ano, acolheram os visitantes, nas suas salas de aula, com grande interesse e entusiasmo. Também diversos professores de várias áreas e pessoal não docente colaboraram nesta receção. A autarquia albicastrense apoiou esta visita dos croatas a Castelo Branco, quer através da cedência de transporte para as deslocações dentro da cidade, quer através de uma receção na sede dos Serviços Municipalizados e da oferta de um jantar num restaurante da cidade. No âmbito da parceria com a Cáritas, relativa ao projeto ambiental e social de recolha de tampinhas, que é já uma tradição da Escola Cidade de Castelo Branco, colaborou também nesta receção a presidente daquela associação.

O Clube Europeu/ Meteor-Escola comemorou de 122017.11.15 CCB GISDay a 18 de novembro, a Semana Internacional dedicada à Geografia e aos Sistemas de Informação Geográfica, cujo objetivo é demonstrar as aplicações práticas dos conhecimentos geográficos que fazem a diferença na nossa sociedade.

O GIS Day (Geographic Information System) integra-se na Semana da Consciência Geográfica e foi comemorado com uma pequena palestra sobre Sistemas de Informação Geográfica, proferida pelas professoras de Geografia e dirigida aos alunos do Clube Europeu/Meteor-Escola. Os próprios alunos organizaram um Pedy-paper onde os conhecimentos de carácter geográfico foram fundamentais.

Como é tradição a nível mundial, neste evento promovido pela National Geographic Society, também a nossa escola comemorou o dia com um lanche convívio e com um delicioso bolo do GISday.

Durante a Semana da Consciência Geográfica esteve patente, no átrio principal da escola, uma exposição sobre a "História da Cartografia", "A Geografia através da Janela" e "Mapas Mentais". Todos estes trabalhos foram elaborados por alunos de 7º e 8º anos.

Como sempre, o evento foi registado, no site oficial do GisDay e pode ser acompanhado em http://www.gisday.com/