No dia 18 de janeiro, os alunos de 9º B fizeram uma visita guiada ao Museu Cargaleiro, organizada pela disciplina de História em articulação com EV e com a Biblioteca Escolar. Esta atividade tinha como objetivo aprofundar conhecimentos no âmbito da arte contemporânea e desenvolver o espírito crítico e criativo dos alunos, bem como a sua formação cultural.

O museu Cargaleiro é um importante acervo museológico que contém não só obras do Mestre, como também de outros artistas de renome internacional. Os alunos puderam contactar de perto com trabalhos de trinta e sete artistas, entre eles Almada Negreiros, Vieira da Silva, Júlio Pomar, ficando a conhecer melhor Manuel Cargaleiro enquanto pintor e ceramista.

Na avaliação realizada pelos alunos, esta atividade foi considerada muito útil para a sua aprendizagem, tendo sido bem organizada, bem explicada e totalmente do seu agrado.

 

Os alunos do 7º ano da Escola António Sena Faria de Vasconcelos realizaram uma atividade na Biblioteca Escolar da Escola Faria de Vasconcelos no âmbito da disciplina de Geografia Poemas “desnorteados”, orientados pela professora Conceição Serra.

Nesta atividade foi lançado o desafio aos alunos de descobrirem alguns poemas escondidos no meio dos fundos documentais da BE, tendo como suporte a utilização de uma bússola, aplicando assim alguns conhecimentos relativos à orientação, conteúdos que integraram o currículo no final do 1º período dessa disciplina.

Depois de descobertos, os alunos leram em voz alta a todos os presentes, diversos poemas de vários autores, alusivos a temáticas relacionadas com os pontos cardeais.

Entre os dias 6 e 14 de dezembro, decorreu, na 2017.12.14 Feira Livro CCBEscola Cidade de Castelo Branco, no corredor do Bloco B, mais uma edição da Feira do Livro.

A Livraria A Mar Arte forneceu, como vem sendo hábito, todos os livros, que equiparam, expressivamente, a feira. Todas as turmas do 1º CEB passaram por lá. Como habitualmente, a Feira tinha à disposição dos visitantes "O Cantinho da Leitura", onde alguns professores aproveitaram o ensejo para contar uma história às suas turmas ou, apenas, para os alunos poderem usufruir do contacto com os livros e fazerem breves, mas profícuas leituras.

Durante a noite, de 12 para 13 de dezembro, desapareceram2017.12.13 Doc desnorteados, misteriosamente, documentos da Biblioteca Escolar, da Escola Cidade de Castelo Branco.

Foi roubo? Houve fuga? Ninguém viu, ninguém sabe... Mistério!

A Biblioteca pediu ajuda aos detetives do 7.º B e à professora de Geografia. Juntos, equipados das coordenadas geográficas, passaram o recinto escolar "a pente fino" e, passados 45 minutos, os livros tinham sido localizados e devolvidos aos respetivos lugares, nas estantes da Biblioteca.

Missão cumprida!

Os nossos parabéns a tão eficientes detetives, pelo seu profissionalismo!

Conhecer a história da Declaração dos Direitos Humanos, 2017.12.11 CCB Direitos Humanosdesde a sua adoção em 1948, pela Assembleia das Nações Unidas e consciencializar para a importância deste documento, foram objetivos plenamente alcançados nas sessões de sensibilização levadas a cabo na EB Cidade de Castelo Branco. No final de cada sessão, os alunos de 9º ano tiveram oportunidade de testar os seus conhecimentos de uma forma diferente e bastante divertida, utilizando a plataforma Kahoot.