A convite da Biblioteca Escolar, para festejar a Semana da Leitura e promover o gosto pela poesia e pelas artes, o departamento de Artes do Agrupamento Nuno Álvares decorou as escolas com exposições de desenho e pintura, inspiradoras e inspiradas por frases poéticas. Esta exposição teve como objetivo  central  motivar para o gosto pelo texto poético do ensino curricular de 3º ciclo e desenvolver  conhecimentos de Educação Visual.

No átrio da ESNA, está patente uma exposição de pintura realizada pelos alunos das professoras Antónia Correia e Ana Luísa Pinho , inspirada em textos de Van Gogh  e no seu célebre quadro “ Starry Night”,  bem como alguns marcadores  produzidos pelos alunos sobre a leitura e com versos de poesia portuguesa. Tudo isto para ver ao som da música de Don McLean - Vincent ( Starry, Starry Night).

No átrio da CCB, podemos admirar uma exposição de ilustrações, também evocadas pela poesia portuguesa, produzida pelos alunos das professoras Alda Sanches e Conceição Pombo.

Vale a pena ver o talento dos alunos que fazem das LETRAS ARTE.

A professora Maria da Saúde

 

A Biblioteca do Agrupamento Nuno Álvares convidou todos os docentes do Agrupamento a visitarem o Museu da Seda, no dia 7 de Fevereiro.  Esta visita integrou-se na Semana da Leitura e teve como objetivo  central  dar a conhecer os equipamentos culturais da região e as suas potencialidades para que, posteriormente, estes recursos possam, eventualmente, contribuir para o ensino e enriquecimento curricular dos nossos alunos.

O professor  Barreto guiou a visita de forma muito elucidativa e entusiasmante, conduzindo os visitantes numa viagem pela origem da Seda até à sua produção e aplicação nos bordados de Castelo Branco.

Tutelado pela Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Castelo Branco, o Museu dá a conhecer a história da produção de Seda em Portugal, o ciclo de vida do Bicho da Seda, as aplicações convencionais e de tecnologia de ponta - nomeadamente ao nível da Biologia e da Medicina - que se podem fazer a partir da utilização deste produto de grande valor.

A professora Maria da Saúde

 

 

As Bibliotecas do Agrupamento Nuno Álvares dinamizaram, em articulação com o Departamento de Português e de 1º ciclo, o Concurso Nacional de Leitura, na sua edição 2017-2018.

Contos da coletânea Uma Terra Prometida, da responsabilidade de José Fanha, e Cão como nós, de Manuel Alegre, foram os textos utilizados na primeira fase do Concurso Nacional de Leitura, para o terceiro ciclo e ensino secundário, que decorreu no dia 7 de fevereiro, nas escolas do Agrupamento Nuno Álvares.

Este ano, pela primeira vez o concurso foi alargado ao primeiro e ao segundo ciclos e a adesão dos alunos a esta atividade foi significativa. Os resultados, de um modo geral, manifestaram o interesse dos alunos.

A Biblioteca Escolar da Escola Cidade de Castelo Branco, em parceria com o grupo de História, assinalou o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, com um conjunto de palestras, realizadas nos dias 25, 29 e 30 de Janeiro, para as turmas A, B, C e D do 9.º Ano.

Os alunos “viajaram” até Auschwitz-Birkenau, pelo olhar fotográfico de alguém, que visitou este complexo de campos de concentração, situado no sul da Polónia, onde foram mortos mais de 1 milhão de prisioneiros. Um rio, uma estrada, campos e muros inofensivos e mudos testemunharam um dos maiores horrores da História Humana.

Os alunos tiveram, ainda, a oportunidade de conhecer uma amostra de livros e filmes sobre esta temática, existente na Biblioteca, e de ver vestuário marcado com a estrela de David, um importante símbolo do Judaísmo, que os judeus eram obrigados a usar nas roupas,  diferenciando-os  das outras pessoas.

Os alunos aperceberam-se das fragilidades humanas e consciencializaram-se para a necessidade de estarmos vigilantes, mesmo connosco próprios, para que os crimes perpetrados contra a Humanidade no passado não se repitam no presente.

 

Exploração de obra de Saramago na Escola

 

A reconhecida especialista em assuntos literários, Ana Paula Arnaut, virá ao encontro de alunos e professores da Escola Secundária Nuno Álvares, no próximo dia 27 de fevereiro, essencialmente para partilhar o seu estudo sobre “O Ano da Morte de Ricardo Reis”, obra de José Saramago que integra o novo programa e metas curriculares de Português de 12º ano.

   Proporcionará duas sessões:

- A primeira, das 12:00 às 13:30 horas, destinada a alunos do 12º ano;

- A segunda, das 14:30 às 16:00 horas, dirigida a docentes.

 

   Será, sem dúvida, um imperdível evento, um enriquecedor incentivo à descoberta da citada obra do Nobel português.